terça-feira, 15 de julho de 2014

The Crown Jewel

Tenho a sorte de ter de viajar, de ter de explorar e conhecer alguns cantos de Portugal e de Nova Iorque e posso dizer com a maior certeza que este Hotel Vila Joya é de facto um dos melhores que já estive na minha vida!
Uma verdadeira jóia escondida e encontrada por alguns.

Não é um lugar para todos os dias mas sim para as ocasiões mais especiais.
Quando ali chegamos deixamos de saber se estamos ali porque é uma data especial, ou passa a ser especial por ali estivémos!

Quando vivia em Nova Iorque muitos clientes e amigos falavam-me deste hotel, achei que era bom mas nunca pensei que superasse as minhas expectativas, pois ultrapassou-as!

Foi fundado por uma Alemã em 1982, Claudia Jung, que se apaixonou pelo Algarve, o Vila Joya não é uma novidade, mas sim uma referência que se reinventa ano após ano. 

O Hotel é talvez uma das jóias mais bem guardadas do Algarve, discreto nas aparência mas forte nas emoções!

Fomos muito bem recebidos pela Kimberley à chegada que nos acolheu e orientou como locais.


Love birds.
Ingredientes: mar de perder de vista, o som das ondas e o barulho dos passarinhos.


O hotel é um refúgio de paz e tranquilidade, um lugar zen.
A suite 2001 onde ficámos era linda, espaçosa e com cores neutras. Pensada ao pormenor não havia lugar para enganos.
A cama dava a sensação de dormir nas nuvens, o perfume do quarto era inebriante e o serviço era o melhor: invisível.




A vista é deslumbrante, nada neste lugar foi deixado ao acaso, um palácio arabesco com aroma Atlântico que acaba e começa como um conto de fadas.
Babada eu...não! Apenas realista com esta janela para o Paraíso.

São doze quartos com características únicas e oito suites, todas com vista para o mar.
A nossa Varanda!


Como dizia o outro: Aqui sim, fui Feliz!


Sou aventureira e este hotel proporciona o lado mais requintado de puro luxo, mas com lugares selvagens e para desbravar à volta.

A vista do nosso quarto para a Praia privada do Hotel. Posso ficar aqui...para sempre?


O caminho Zen para o SPA



Os jardins são por si só um convite, irradiados de sol, com palmeiras, e àrvores, convidam a um passeio ou apenas a relaxar. Vila Joya é o verdadeiro Jardim do Éden onde os seus sonhos se podem tornar realidade!




E à noite tinha de experimentar o Jantar exquisite and enchanted by Vila Joya!
Fomos recebidos com uma grande informalidade e despretensiosismo, que não advinhava o luxo que vinha a seguir.

O principal responsável pelo sucesso do Vila Joya é o Chef Austríaco Dieter Koschina, que combina produtos locais com técnicas de cozinha do Norte da Europa.  Cozinha rica e criativa, quase excêntrica,
A orquesta estava montada e o espectáculo ía começar! Jantamos o menu de degustação. Surpresas após surpresas...


 Os amuse-bouche. Praliné fígado de ganso com geleia de beterraba e folha de ouro e praliné de cocktail de maçã, rábano picante e flor de amor-perfeito. Food Explosion.


Todos os pratos foram uma verdadeira experiência gastronómica que me fizeram dar mais valor a esta Arte!







Foi considerado como o 22º melhor Restaurante do Mundo pela “The World’s 50 Best Restaurants”, e tem conseguido manter as duas estrelas Michelin desde 1999.


Quando quis agradecer ao chef, fui convidada a conhecê-lo e à sua cozinha.


Close your eyes, Welcome to paradise, where your dreams come true!


Sem comentários:

Publicar um comentário