quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Life is a Theatre...

Dois teatros que adorei em Londres.

Um deles pouco convencional: The Drowned Man: A Hollywood Fable*, lá fui eu aconselhada por uma amiga local, obrigada JCS. Entrei às 17horas para uma sala escura, mais precisamente um armazém que parecia abandonado, fui avisada para seguir os actores que eu preferisse, como havia lá bons actores que pareciam modelos, não houve dúvidas. 
Há uma peça, um elenco, várias cenas e nós participamos nelas, se tivermos sorte! A minha amiga desapareceu a meio do teatro mas voltou a aparecer inteira, vá lá e chegou tão entusiasmada mas não podíamos falar e usávamos máscaras para dificultar a comunicação.
É uma peça interactiva, sensual e muito "Sherlockiana" dei por mim abrir gavetas e portas e a remexer em livros e encontrei...uma tarde inesquecível e fantasiada.
E mais não conto pois tem graça descobrirem por vocês próprios!
Dura 3 horas, mas vale a pena, o estar sempre em pé e a taquicardia.





***** Recomendado by Cate and the City!

 

O Outro já não é teatro mas sim cinema, parece-me provavelmente a melhor sala de cinema do mundo! The Electric Cinema em Notting Hill!
Tem sessenta e cinco poltronas com bancos e mesas laterais e a parte que eu gostei, seis camas de casal na fila da frente proporcionando uma experiência única e exclusiva, para ajudar no luxo, cobertores de caxemira individual.
Humphrey Bogart adoraria estar nesta sala!




“Love art in yourself, and not yourself in art.” CS

“Life is a theatre set in which there are but few practicable entrances.”   Victor Hugo, Les Misérables

Sem comentários:

Publicar um comentário